Free background from VintageMadeForYou

Seguidores

Face

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Os meus folarinhos de Páscoa


Acabados de sair do forno
 Ontem com a ajuda do meu filho fiz massa para folar, hoje depois de levedada cozi a massa e fiz 4 folarinhos! Então quem quiser experimentar fica aqui  a receita:
1kg e meio de farinha, 7 ovos, fermento de padeiro (+ ou - 70 gramas), leite q.b, canela em pó e erva doce a gosto, um pouco (+ ou -100 gramas) de margarina derretida.
Massa já trabalhada e levedada
 Ovos cozidos para colocar por cima a enfeitar (opcional).
Misturam-se todos os ingredientes, amassa-se até desprender das mãos e alguidar, se pegar pôr mais farinha, se tiver dura pôr mais leite.  A massa vai a levedar durante 24 horas embrulhada num cobertor. Depois moldam-se os folares, cortam-se duas tiras para "prender" os ovos e pincela-se com gema de ovo batido. Vai ao forno durante cerca de 35 a 40 minutos, depende do tamanho do folar e da temperatura do forno. Estes das fotos, foram feitos com metade da porção dos ingredientes e não levaram os ovos cozidos. Uma vez que cá em casa os ovos vão para o lixo, não vale a pena desperdiçar.


Significado do Folar:

O folar está cheio de significado religioso. Etimologicamente o termo folar virá do latim florais, ou do germânico flado (bolo de mel), ou ainda do francês poularde.

Segundo o Grande Dicionário de Língua Portuguesa de José Pedro Machado, o folar é um “bolo de massa com ovos cozidos inteiros em cima, que se usa pela Páscoa”. Contudo, o significado que encerra vai muito além desta descrição. A tradição do folar assenta num ritual de dádiva, solidariedade e convívio, profundamente enraizado na sociedade portuguesa.

Significa o presente que os padrinhos dão aos afilhados pela Páscoa e também os paroquianos ao Pároco da sua freguesia.

Por um lado o folar recorda o pão que Jesus repartiu com os discípulos na última ceia. Por outro e porque coroado por um ovo, encarna o símbolo do renascimento de Cristo, da sua Ressurreição.

O folar é pois, por excelência, o pão tradicional da quadra, uma feliz conjugação de sal, água, ovos e farinha de trigo, rematada com o ovo cozido exibido ao centro.


4 comentários:

pontinhos meus disse...

Huau, obrigado amiga por partilhares a receita!!

Estão com optimo aspecto!

Uma Santa e Feliz Pascoa para Ti e para os teus.

Bjinhos

Margarida

Gloria Luz disse...

Pintinhas,

esta receita me deu saudades de minha mãe, que fazia esta receita na Páscoa. Bons tempos! Obrigada por compartilhar a receita, porque na verdade eu nunca aprendi a fazer, e agora eis a oportunidade.
Boa Páscoa!

Bjs

An@ disse...

Muito bem!
Boa Páscoa!
Bjoca

nocas disse...

oh pá!!! eu a pensar que tu ias partilhar os folares com as miudas e tu deixas a receita para a gente fazer? eh,eh
nunca fiz mas se calhar ainda vou me aventurar,bjs nocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...